Postagens

Mostrando postagens de Agosto, 2015

Coração Quebrantado - Robert Murray M´Cheyne.

Imagem
Os sacrifícios para Deus são o espírito quebrantado; a um coração quebrantado e contrito não desprezarás, ó Deus.” (Salmos 51:17)
Nenhum outro salmo expressa tão plenamente a experiência pela qual passa a alma que tenha sido guiada ao arrependimento, sua humilde confissão de pecado (v. 3, 4 e 5); seu desejo intenso de ser perdoado pelos méritos do sangue de Cristo (v. 7); sua ansiedade para que o Senhor lhe conceda um coração puro (v. 10); sua vontade de oferecer, de render algo a Deus por todos os seus benefícios.

Vivendo na Perspectiva da Eternidade – Manoel Coelho Jr.

Imagem
Baixe o Mp3 clicando aqui.

Não se turbe o vosso coração; credes em Deus, crede também em mim. Na casa de meu Pai há muitas moradas. Se assim não fora, eu vo-lo teria dito. Pois vou preparar-vos lugar.E, quando eu for e vos preparar lugar, voltarei e vos receberei para mim mesmo, para que, onde eu estou, estejais vós também. E vós sabeis o caminho para onde eu vou.” João 14:1-4. 
Pontos deste estudo: 
1 – Cristo claramente apresenta as dificuldades de seus seguidores nesta vida. 
2 – Cristo lhes fala de Paz e Alegria em meio às dificuldades. 
3 – Cristo lhes mostra a Realidade Consoladora da Eternidade.
Acesse os estudos anteriores desta série clicando aqui.
*Estudo da EBD de 16 de Agosto de 2015, na Congregação Batista Reformada em Belém.

Notas Editoriais e Apresentação da Confissão de Fé Batista de 1689.

Imagem
Tradução e Produção: OEstandarteDeCristo.com
Narração: Rupert Teixeira
Som da Vinheta: Surpreendente Graça!, por Rupert Teixeira
Baixe A Confissão de Fé Batista de 1689:

O Cajado do Peregrino – Hebreus 13:5 – Robert Murray M’Cheyne.

Imagem
Este consolador sermão foi pregado na noite de terça-feira, 24 de novembro, 1842, alicerçado em Hebreus 13:5: “Não te deixarei, nem te desampararei.”
Eis o esboço deste sermão:

O Terrível Estado de Morte Espiritual e a Maravilhosa Graça de Deus em Cristo – Manoel Coelho Jr.

Imagem
Trecho da pregação “Vivificados em Cristo”, proferida em 21 de Janeiro de 2015, na Congregação da Assembleia de Deus do Conjunto Marex, Belém – PA. Link da pregação completa no final.
Transcrição...
Qual a arma do maligno? Resposta: A mentira, o engano. Ele usou isso no Éden e continua usando. Jesus Cristo nos disse que seus inimigos não o ouviam porque ele lhes dizia a Verdade. Eles eram filhos do diabo. Eles, segundo Cristo, amavam o que o diabo amava. Queriam o que o diabo queria. E que o diabo ama? Ora, a mentira e o pecado. Assim aquelas pessoas não ouviam a Jesus, que é a Verdade, porque elas amavam a mentira, queriam a mentira. Por isso o diabo as dominava completamente e as tinha em seu laço. Por quê? Porque elas queriam mesmo a vontade do diabo.

O Pecado, a Fração, a Integridade e a Realidade* – Manoel Coelho Jr.

Imagem
Baixe o Mp3 clicando aqui.
E logo pregava, nas sinagogas, a Jesus, afirmando que este é o Filho de Deus. Ora, todos os que o ouviam estavam atônitos e diziam: Não é este o que exterminava em Jerusalém os que invocavam o nome de Jesus e para aqui veio precisamente com o fim de os levar amarrados aos principais sacerdotes? Saulo, porém, mais e mais se fortalecia e confundia os judeus que moravam em Damasco, demonstrando que Jesus é o Cristo. Decorridos muitos dias, os judeus deliberaram entre si tirar-lhe a vida” 
 Atos 9:20-23. 
 Pontos desse estudo:
1 – O pecado é enganoso porque nos limita a uma fração da realidade. 
2 – O pecado é enganoso porque nos faz usar os benefícios dessa vida em prol da fração e não da integridade, que é a própria Realidade. 
Acesse os estudos anteriores desta série clicando aqui.
*Estudo da EBD de 09 de Agosto de 2015, na Congregação Batista Reformada em Belém.

O Evangelho é a Resposta - A Verdadeira Conversão (Texto,áudio e vídeo)* - Manoel Coelho Jr.

Imagem
Baixe o mp3 clicando aqui.

Enviados, pois, e até certo ponto acompanhados pela igreja, atravessaram as províncias da Fenícia e Samaria e, narrando a conversão dos gentios, causaram grande alegria a todos os irmãos” Atos 15:3.
Tendo olhado para a Falsa Conversão no capítulo anterior, meditemos agora sobre algumas características essenciais da Conversão Genuína. Isso também nos ajudará a não sermos engados, pois não basta conhecermos sobre o que alguma coisa não é, mas estaremos seguros se a conhecermos em sua natureza essencial. Estudemos então, ainda que de forma abreviada, o que é a Conversão conforme revelada nas Escrituras.

O Evangelho é a Resposta - A Falsa Conversão (Texto,áudio e vídeo)* - Manoel Coelho Jr.

Imagem
Baixe o Mp3 clicando aqui.

Estando ele em Jerusalém, durante a Festa da Páscoa, muitos, vendo os sinais que ele fazia, creram no seu nome; mas o próprio Jesus não se confiava a eles, porque os conhecia a todos. E não precisava de que alguém lhe desse testemunho a respeito do homem, porque ele mesmo sabia o que era a natureza humana.” Jo 2:23-25.
Uma árvore produz frutos conforme a sua espécie. Assim, mostra-se a natureza da árvore. No entanto precisamos conhecer o fruto que corresponde àquela árvore para não sermos enganados, isto é, precisamos, por exemplo, saber que “laranjas” não são “bananas” ou “uvas”. Sim, precisamos saber a diferença entre “frutos” e “frutos”. Amigos, a conversão é fruto da nova natureza que nos é concedida na Regeneração ou Novo Nascimento. Todavia há uma falsa conversão que se manifesta em várias formas. Como toda falsidade, ela traz enganos e prejuízos, e neste caso prejuízo eterno. Por isso é muito importante tratarmos dela antes da verdadeira, para que no…

A Verdadeira Satisfação de Ser Um Filho de Deus - R. M. M'Cheyne*.

Imagem
As linhas caem-me em lugares deliciosos: sim, coube-me uma formosa herança.” (Salmos 16:6) 
Os seus caminhos são caminhos de delícias, e todas as suas veredas de paz.” (Provérbios 3:17)

O Amor De Cristo Por Você - Anne Dutton*.

Imagem
Meu amado irmão no Senhor,

Eu sou uma participante de sua alegria naquelas ricas festas de amor na casa do banquete de nosso Senhor com as quais você tem sido favorecido. Ó alma feliz, como Jesus ama você! E, ainda assim, devo dizer-lhe, que Ele apenas começou a amá-lo. O amor de Cristo por você será comunicado em demonstrações mais brilhantes, de glória em glória, contemplando você através do tempo, enquanto este passa em seu círculo eterno, na posição, na majestade de Deus, o Senhor Jeová. Ó meu irmão, eu estaria arruinada se o amor de Cristo não fosse exatamente como é: um amor infinito, forte, livre, totalmente inigualável, imutável e eterno; se não fosse o amor do Senhor por uma noiva adúltera, que pelo coração idólatra olha para outros deuses, e ama os bolos de uvas. Mas, oh, a surpreendente maravilha, a linguagem do amor do Senhor é: “E o SENHOR me disse: Vai outra vez, ama uma mulher, amada de seu amigo, contudo adúltera, como o SENHOR ama os filhos de Israel, embora eles olh…

A Consciência Cristã* – Manoel Coelho Jr.

Imagem
É necessário que lhe estejais sujeitos, não somente por causa do temor da punição, mas também por dever de consciência.” Romanos 13: 5. 
Pontos abordados neste estudo: 
1 – Consciência é a faculdade humana que discerne entre o certo e o errado, entre o justo e o injusto. (Jo 8:9; Rm 2:14,15). 
2 – A Consciência deve responder a Deus como Padrão de Justiça (Rm 2:14,15; Rm 13:5-7). 
3 – A Consciência do ímpio está obscurecida pelo pecado e progressivamente enfraquecida pelo mesmo. 
A – No mundanismo (Gn 4). 
B – Na Religiosidade Falsa (Jo 8:1-11). 
4 – A Consciência Cristã é fruto da Iluminação do Espírito pela Palavra (Jo 8:9; Jo 16: 1-11). 
5 – A Consciência Cristã vai sendo aperfeiçoada pela Iluminação do Espírito por meio da Palavra (Sl 1; Sl 19: 7-14). 
6 – A Consciência Cristã vai se tornando cada vez mais sensível a Deus (Rm 13:1-7). 
Textos lidos no final do estudo: “Fitando Paulo os olhos no Sinédrio, disse: Varões, irmãos, tenho andado diante de Deus com toda a boa consciên…

Cristo, a Videira Verdadeira.* – Exposição de João 15:1-8 – Manoel Coelho Jr.

Imagem
Baixe o mp3 clicando aqui.

Eu sou a videira verdadeira, e meu Pai é o agricultor. Todo ramo que, estando em mim, não der fruto, ele o corta; e todo o que dá fruto limpa, para que produza mais fruto ainda. Vós já estais limpos pela palavra que vos tenho falado; permanecei em mim, e eu permanecerei em vós. Como não pode o ramo produzir fruto de si mesmo, se não permanecer na videira, assim, nem vós o podeis dar, se não permanecerdes em mim. Eu sou a videira, vós, os ramos. Quem permanece em mim, e eu, nele, esse dá muito fruto; porque sem mim nada podeis fazer. Se alguém não permanecer em mim, será lançado fora, à semelhança do ramo, e secará; e o apanham, lançam no fogo e o queimam. Se permanecerdes em mim, e as minhas palavras permanecerem em vós, pedireis o que quiserdes, e vos será feito. Nisto é glorificado meu Pai, em que deis muito fruto; e assim vos tornareis meus discípulos”.
João 15:1-8.
I – INTRODUÇÃO:
Vimos que o capítulo catorze enfatiza a Consolação. O capítulo quinze e o…